sábado, 11 de abril de 2009

+ Internet / - Televisão

"Os europeus vão gastar 14,2 horas por semana na Internet, um aumento de três horas em relação ao previsto para este ano. Pela primeira vez a televisão passa para segundo plano, mantendo as mesmas 11,5 horas de consumo atingidas em 2007.

Ninguém tem dúvidas de que a Internet veio alterar de forma significativa muitos dos hábitos da sociedade europeia. Mas o que se calhar poucos esperariam é que, já a partir de Junho do próximo ano, a Internet venha a ultrapassar a televisão como o meio de comunicação mais utilizado na Europa. Mas é essa a previsão revelada na quarta-feira pela Microsoft, caso se mantenha a tendência de consumo dos últimos cinco anos.
Com o título Europe Logs on: Internet Trends of Today and Tomorrow, o documento estima que o consumo médio de Internet atinja as 14,2 horas por semana, ou seja, cerca de 2,5 dias por mês, enquanto que o tempo passado em frente à televisão seja de 11,5 horas por semana, cerca de dois dias por mês.

No entanto, o estudo realça o facto de esta tendência não significar o declínio da televisão. A expansão da banda larga fez com que as emissões de televisão chegassem também aos computadores e aos telemóveis, permitindo que cada um escolha o seu ecrã.

Aliás, o relatório refere que o computador é cada vez mais o ecrã favorito dos europeus, tanto para aceder a conteúdos como para ver televisão em directo ou programas gravados. De acordo com o estudo, na faixa etária dos 18 aos 24 anos, 42% utilizam o computador como único ecrã e um em cada sete jovens não vê qualquer programa em directo na televisão.
Mas o reinado do computador deverá ser breve, anuncia o documento. "Nos próximos cinco anos, o uso da Internet nos computadores vai descer dos actuais 95% para apenas 50% à medida que outras possibilidades, como a IPTV, as consolas dos jogos e os telemóveis, se tornem mais populares".

Apesar de apenas 6% dos europeus acederem a vídeos através do telemóvel, em 2008, a Microsoft prevê que este negócio represente mais de 521 milhões de euros dentro de cinco anos.
Em média, cerca de metade dos europeus tem ligação à Internet, mas a diferença varia bastante entre os países nórdicos e o Sul da Europa. Portugal é um dos países onde a penetração é mais baixa, mas conta já com cerca de quatro milhões de internautas que passam 34% do seu tempo na Internet, mais do que a ler material impresso, a jogar ou a ver filmes offline."

Fonte: Diário de Notícias

1 comentário:

"J. Doe" disse...

mas porque é que a penetração em portugal e sempre mais baixa?? porque? se temos os tomates caxuxos mais saborosos do mundo..essas noticias indignam-me!!! :D